Portal

by

Em mais ou menos 4 horas de jogo, terminei Portal. Poderia ter sido mais rápido, mas essa foi a primeira vez que joguei. Tem um total de 19 fases, apenas, e são meio curtas. Claro, minhas impressões sobre ele são boas, muito boas até. O que mais me surpreendeu no decorrer do jogo, não foi exatamente a nova jogabilidade com uma arma que cria portais, coisa que nunca tinha sido vista antes, mas que se comentava bastante sobre; foi o nível de sarcasmo da “voz” que te guia durante os testes.

Essa “voz” feminina é o computador central da Aperture Laboratories, empresa fictícia que usa você para fazer os testes, dos quais pouco se sabe também (como qualquer coisa relacionada ao enredo de Half-Life. Ou melhor: qualquer coisa relacionada aos enredos dos jogos da Valve). As piadinhas feitas por esse computador são assustadoras. “No final dos testes, você será ‘descartado'”. Depois de solucionar alguns dos quebra-cabeças: “Nossa! Você é realmente impressionante. Usaremos seus órgãos em outras experiências”. Esses comentários irônicos do computador acontecem durante o jogo todo. Um dos blocos usados para resolver alguns quebra-cabeças é chamado de “companheiro”. Tem até um coraçãozinho desenhado nele. No fim do teste que se usa esse bloco, o computador te explica que “como esse ‘companheiro’ (o bloco) não fala, não podendo te ajudar em mais nada, ele pode ser colocado na câmara de eutanásia”. Eu fiquei triste com o fim do “companheiro”, mas era obrigado a sacrificá-lo. Do contrário uma maldita porta não se abriria para concluir o teste. Outro ponto interessante observado por ele é “Alguns testes são perigosos, mas não se preocupe, eu te darei algumas explicações nesses casos. Começando agora: cuidado para não morrer”. O computador também diz que ao concluir todos os testes, você poderá ter um bolo. Grande recompensa pra quem corre tamanho perigo passando por aqueles testes…

Menu Portal

Tudo começa quando você acorda em um quarto, já no laboratório em que ocorre as experiências, e o computador te dá as primeiras explicações sobre os testes. Obviamente, nada muito profundo. Apenas entende-se que são testes. O computador abre alguns portais e te acostuma com essa jogabilidade, mostrando como interagir com os portais e como fazer alguns objetos interagirem com os portais. Em pouco tempo já temos em mãos a Aperture Science Handheld Portal Device, mais conhecida como “a arma que abre portais”. Mas nesse momento, ainda não é possível utilizar todas as funcionalidades da arma. Enquanto aprende-se a usá-la, você só tem controle sobre um portal, sendo o outro criado pelo computador, ou seja, em lugares pré-estabelecidos. Depois de uns testes, a outra funcionalidade (abrir os dois portais onde quiser) é adicionada à arma. Então começa-se os testes a todo vapor.

Os quebra-cabeças a serem resolvidos são muito bem elaborados. Não são complicados, na verdade. Basta analisar atentamente todo o cenário e depois colocar em prática tudo o que o computador piadista te explicou. A curva de aprendizagem é relativamente pequena; em 40 minutos ou menos, você já vai estar analisando todo o cenário sabendo tudo que é possível fazer para concluí-lo. Além das dicas vindas do computador, pode-se usar umas plaquinhas (que ficam nas paredes ou no chão) no começo de cada fase para saber o que fazer ou quais são os perigos da fase. O principal é analisar bem o cenário, então: ANALISE BEM O CENÁRIO!

Basicamente, a única coisa a ser feita nos testes é chegar ao final. Mas pra isso, é necessário ativar vários botões, elevadores, plataformas; desativar turrets (metralhadoras), fugir de alguns mísseis e coisas do tipo. Tudo isso, claro, usando os portais.

Portal tem bastante quebra-cabeças e um pouquinho de ação. É um jogo diferente, inovador e muito criativo. Tenho certeza de que a partir dele, surgirão vários jogos com jogabilidades parecidas, como foi o caso da série GTA e os milhares de jogos que imitam a liberdade (a jogabilidade em geral, pra falar a verdade) do mesmo. É sempre assim com as receitas que dão certo.

Tags: , , , , , ,

Uma resposta to “Portal”

  1. aazpc Says:

    oops!
    i cant pick up this language !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: